28-03-2020

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

O DJ e produtor Carlos Manaça que este ano celebra 30 anos de carreira, serviu-se hoje da nova funcionalidade do Facebook - livestream - para mostrar a todos os seus seguidores, como está a ficar a tenda eletrónica do Rock In Rio, evento que regressa ao Parque da Bela Vista em Lisboa, já daqui a uma semana.
 
Em dois vídeos com cerca de um minuto e meio, o artista português faz um preview das montagens do recinto e desafia os fãs a assistirem a uma grande festa na tenda eletrónica, marcada para o dia 20, sexta-feira, onde, além do próprio, também irá atuar DJ Vibe, Octave One (Live), Conti & Leaozinho e o tão esperado DJ britânico Carl Cox.
 
Manaça apresenta ainda uma das principais novidades desta zona, uma piscina. Pela primeira vez em 17 edições, o Rock in Rio apresenta resta refrescante área onde, diariamente, serão realizadas pool parties, animadas por vários DJs. As pool parties, inspiradas nas festas míticas da cidade de Las Vegas (por onde o evento passou em 2015), decorrem nos cinco dias de evento entre as 18 e as 21 horas. Às 22 horas sobre à cabine o primeiro DJ, sendo que a última atuação termina pelas 4 horas da madrugada.
 
Nos próximos dias 19, 20, 27, 28 e 29, a Cidade do Rock vai receber milhares de visitantes que poderão assistir às mais de 100 atuações musicais, ao longo de 12 horas de festa por dia.
 
Com 200 mil metros quadrados, o Parque da Bela Vista volta a receber o Rock in Rio-Lisboa, transformando-se num parque temático de música. São cinco palcos, uma área VIP, mais de 15 espaços de restauração (incluindo algumas novidades como cozinha de autor), com diversões (como slide e roda gigante), diversos stands com ativações e surpresas das marcas para os visitantes, uma fonte e uma piscina, tudo pensado para garantir o conforto do público e experiências inesquecíveis, entre as 16 e as 04 horas (com exceção do último dia de evento, 29 de maio, com todas as atrações a começarem uma hora mais cedo).
 
Bandas, artistas, DJs, bailarinos e artistas de rua vão animar a edição que marca o término das comemorações dos 30 anos do Rock in Rio. Os bilhetes têm um custo de 69 euros e dão acesso à Cidade do Rock, a todos os palcos e todas as diversões. 
 
 
 
Publicado em Rock in Rio
A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo, a Câmara Municipal de Lisboa e o Governo de Buenos Aires apresentaram no passado Domingo, as edições do Rock in Rio-Buenos Aires 2013 e do Rock in Rio-Lisboa 2014.

A conferência de imprensa contou com a presença de Roberto Medina, Presidente do Rock in Rio, Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio, António Costa, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa e Mauricio Macri, Governador da Cidade Autónoma de Buenos Aires. As bandas argentinas Los Pericos – grupo de reggae mítico da Argentina, com 25 anos de carreira e mais de 2 milhões de discos vendidos – e Tan Bionica – considerados o melhor grupo argentino em 2011, contam com mais de 250 mil seguidores no Facebook e 15 milhões de visualizações no Youtube – que integram o cartaz do Palco Sunset nos dias 2 e 3 de junho respetivamente, também estiveram presentes neste momento.

Segundo António Costa, Presidente da CML “O Rock in Rio-Lisboa é um dos grandes eventos do calendário de espetáculos da capital e felizmente está garantida a sua permanência em Lisboa para mais uma edição. A relevância do Rock in Rio para a promoção do nome e da imagem da cidade e o seu impacto económico, nomeadamente para o sector do turismo, são algumas das razões que motivam a Câmara Municipal de Lisboa a acolher este evento”.

O Rock in Rio-Buenos Aires 2013 terá lugar nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 4, 5 e 6 outubro de 2013 no Parque da Cidade, ao sul de Buenos Aires. Este espaço tem 180.000 m2 e capacidade para receber 100.000 pessoas por dia. A primeira edição argentina do evento terá as mesmas atrações que podem ser vistas em Lisboa – o Palco Mundo, o Palco Sunset, a Eletrónica, a Rock Street e a Street Dance – e uma grande novidade: o Sky Lounge, um restaurante a 200 metros de altura, montado sobre a emblemática “Torre Espacial” do Parque da Cidade, o Mirador mais alto da América Latina, onde cerca de 1.000 pessoas por dia poderão jantar com uma vista inigualável sobre a cidade de Buenos Aires.

Para Roberto Medina, Presidente do Rock in Rio “A ida para a Argentina é mais um passo na internacionalização da marca que pretende ser a maior marca de música e entretenimento do mundo. Nos próximos anos pretendemos chegar também à Ásia e à América do Norte”.
 
Publicado em Rock in Rio
Metallica, Iron Maiden e Bruce Springsteen são os primeiros nomes revelados para o cartaz do Rock in Rio 2013, a realizar no Rio de Janeiro em setembro do próximo ano.

A 15 de setembro de 2013, Bruce Springsteen e a The Street Band regressam ao Brasil 25 anos após o primeiro e único concerto no país. Em junho deste ano, o músico norte-americano e a sua banda fecharam com chave de ouro a mais recente edição portuguesa do Rock in Rio, em Lisboa, perante 80 mil pessoas.

Os Metallica, que também passaram pelo Rock in Rio Lisboa 2012, serão os cabeças-de-cartaz de do festival brasileiro no dia 19 de setembro. Esta será a sexta vez que a banda californiana atua no evento que nos últimos anos se tem dividido por Portugal, Brasil e Espanha.

Presentes no primeiro e no terceiro Rock in Rio, no Brasil, em 1985 e 2001, os Iron Maiden voltam ao Rio de Janeiro a 19 de setembro com o novo espetáculo, «Maiden England», que recria a digressão mundial da banda britânica em 1988.

O Rock in Rio 2013 acontecerá no Rio de Janeiro nos dias 13, 14, 15, 19, 20, 21 e 22 de setembro.
 
Publicado em Rock in Rio
A edição deste ano do Rock in Rio Lisboa, que terminou no passado fim-de-semana, foi, mais uma vez, um verdadeiro sucesso. Nos vários palcos espalhados pela Cidade do Rock, muitos foram os artistas de música eletrónica que atuaram para milhares de pessoas durante a sexta-feira e sábado. 
 
 
MERGULHAR AO SOM DA MELHOR MÚSICA ELETRÓNICA
 
 
As Somersby Pool Parties vieram para ficar. Durante os dois últimos dias de Rock in Rio Lisboa, vários nomes como DJ Big, Van Breda, Isabel Figueira e o residente Francisco Praia deram música à piscina da Cidade do Rock. No último dia, houve ainda tempo para recriar o famoso programa “Ai os Homens”, apresentado por José Figueiras. Esta ação teve assinatura da organização das festas “Revenge Of The 90s”.
 
 
A RESIDÊNCIA CONTINUOU
 
 
Ficou sempre a cargo de inaugurar as Somersby Pool Parties. Francisco Praia, DJ residente daquele palco, apresentou mais uma vez vários sets dos mais diversos estilos musicais, que proporcionaram momentos únicos ao som de ritmos dançantes até sensivelmente ao pôr-do-sol.
 
 
NOVENTEIROS QUE SABEM FAZER A FESTA
 
 
Se és fã das eternas músicas dos anos 90 então não podes perder a próxima festa “Revenge Of The 90s”. Van Breda, Galão com Coca e André Henriques foram os DJs encarregues de recordar todos os festivaleiros que nos anos 90 também se fazia boa música. Ao longo da noite, com o tema “Welcome to the Jungle”, muitos foram os momentos em que se recordou a música, a televisão e figuras marcantes da época, com direito a convidados especiais como os Ena Pá 2000, ou os Haddaway. 
 
 
OS IRMÃOS DA ELETRÓNICA
 
 
The Chemical Brothers dispensam qualquer tipo apresentações. Deram um espetáculo único, ao som dos seus mais famosos êxitos, os irmãos apresentaram um show repleto de efeitos especiais no Palco Mundo que deliciou todos os festivaleiros amantes de música eletrónica.
 
 
O HIP HOP PELAS MÃOS DE DJ BIG
 
 
Uma das sunset parties da piscina da Somersby ficou a cargo de DJ Big. O artista português ofereceu um set recheado de sonoridades hip hop e todas as suas vertentes, fazendo dançar todos os presentes.
 
 
ISABEL FIGUEIRA: DA TELEVISÃO PARA OS PRATOS
 
 
Para quem pensa que a Isabel Figueira é apenas uma figura da televisão, engane-se. A artista portuguesa tem investido também na arte do djing e animou a piscina da Cidade do Rock, com um DJ set bastante versátil, para todos os gostos e idades.
 
 
DIEGO MIRANDA, A DOBRAR
 
 
Após o cancelamento de última hora dos Karetus, que não aceitaram as mudanças de horários devido à transmissão do jogo da Seleção Portuguesa de Futebol, Diego Miranda teve direito a um set alargado. Mais uma vez, o DJ e produtor português que se prepara para aterrar no Tomorrowland, pôs todos os seus fãs a dançar e a saltar.
 
 
PRODÍGIO BRASILEIRO
 
 
Vintage Culture foi o responsável de encerrar a edição deste ano do Rock in Rio Lisboa, no palco Music Valley. Sempre acompanhado de vários efeitos especiais, fogo e CO2, o artista brasileiro apresentou um set que recebeu nota positiva na pista de dança do festival.
 
 
Até 2020, Rock in Rio Lisboa!
 
 
Publicado em Reportagens
quarta, 23 maio 2012 23:00

A Cidade do Rock (Mapa)

 
Publicado em Rock in Rio
Este ano, na quinta edição, passaram pelo Parque da Bela Vista, 353 mil pessoas vindas de vários pontos do país, e do Mundo.
 
À semelhança das edições anteriores, a organização voltou a apostar nos encontros únicos no Palco Sunset e no público adepto da música de dança. Até ao fecho de portas, a Eletrónica tomou conta do Parque da Bela Vista.

Uma das novidades do Rock in Rio-Lisboa 2012 chama-se Rock Street. Estreada no Rock in Rio 2011, no Rio de Janeiro, este novo espaço do evento bebe do espírito da cidade norte-americana Nova Orleães.

A Street Dance é outras das novidades do Rock in Rio-Lisboa 2012. A estreia foi na capital portuguesa. Segue agora para Madrid e para o próximo ano é a vez do Rio de Janeiro e Buenos Aires, na Argentina, acolher este espaço onde a dança de rua está em destaque.

Em 2014, o Parque da Bela Vista volta a ser a Cidade do Rock. O anúncio oficial foi feito este domingo, 03 de junho.
 
Publicado em Rock in Rio
O festival Rock in Rio celebra 15 anos das suas edições em Portugal e pretende assinalar esse aniversário com vários eventos que irão decorrer na cidade de Lisboa, com a presença de DJs nacionais.
 
É já neste mês de abril que começam as comemorações, com arranque das Galp Music Valley Sessions no Capitólio, em Lisboa. Nomes como Diego Miranda, Kura e Van Breda irão marcar presença nos dias 11 e 30 de abril e 28 de maio, respetivamente.
 
“São 15 anos de história em Portugal. Parece que foi ontem que chegámos a Lisboa, com o sonho de implementar o maior evento de música e entretenimento que o país alguma vez havia visto. Os números falam por si – cerca de 200 milhões de euros investidos no país, mais de 73 mil postos de trabalho gerados (entre diretos e indiretos), milhares de artistas que passaram pelos nossos palcos, mais de 2 milhões de pessoas que já visitaram a Cidade do Rock”, revelou Roberta Medina, vice-presidente executiva do festival.
 
O maior evento de música e entretenimento do mundo regressa ao Parque da Bela Vista, em Lisboa, nos dias 20, 21, 27 e 28 de junho de 2020 com a Galp como novo patrocinador principal e que dá nome ao palco Music Valley. A edição de 2022 está também já confirmada.
 
Na edição deste ano do Rock in Rio Brasil, alguns artistas portugueses estão confirmados no cartaz, como é o caso de Diego Miranda, Kura e Van Breda.
 
Publicado em Rock in Rio
A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo anuncia os artistas que completam o cartaz da Eletrónica Heineken.
Chase & Status Dj Set & Rage, Dr. Lektroluv, Tha Lovely Bastards e MC Johnny Def juntam-se ao cartaz já anunciado para o dia 25 de maio.
 
Pharrel Williams dos N*E*R*D classifica-os como “Os melhores produtores britânicos da atualidade” e Rihanna considerou-os como “A espinha dorsal do seu disco ‘Rated R’”, Chase & Status são uma das duplas mais entusiasmantes da cena eletrónica neste momento. A sua sonoridade imponente e portentosa irá agradar seguramente ao público que irá visitar a Cidade do Rock no dia 25 de maio.
 
Dr. Lektroluv é um dos nomes mais irreverentes que vai assumir a cabine da Eletrónica Heineken. O belga que é conhecido por tocar com uma máscara verde e misturar utilizando um telefone e não os convencionais headphones, vem pela primeira vez ao Rock in Rio para apresentar o seu electro contagiante. Dr. Lektroluv já atuou um pouco por todo mundo e enquanto residente das famosas festas “Body to Body” em Gent, Bélgica, recebeu nomes como Miss Kittin, Tiefschwarz, Ladytron, Digitalism, Who Made Who, Vitalic, The Hacker, entre muitos outros.
 
Nuno Lopes e Mad Mac voltam a atuar no Rock in Rio-Lisboa desta vez com o nome “Tha Lovely Bastards”. A dupla de Djs portuguesa é conhecida pelas suas perfomances explosivas e desde a sua passagem pelo Rock in Rio-Lisboa 2010 não têm tido descanso, atuando por todo o país.
 
MC Johhny Def será mais uma vez o anfitrião da Eletrónica Heineken. O MC irá animar o público e acompanhar as atuações dos Djs que vão passar pela cabine, proporcionando momentos de apoteose que servirão, seguramente, de inspiração para os artistas que irão atuar.
Ao longo da sua carreira o conceituado MC, que é reconhecido como exímio na colocação de voz em atuações ao vivo, já colaborou com nomes como Sam The Kid, Dealema, Boss AC, Melo
 
D, Johnwaynes, entre muitos outros, tendo sido nomeado em 2008 para melhor Live Act Nacional.
 
Está assim fechado o cartaz da Eletrónica Heineken, um espaço que vai reunir ao longo dos 5 dias de evento alguns dos melhores nomes do panorama mundial da música de dança e apresentar o que de melhor se está a fazer atualmente. 
 
O Rock in Rio-Lisboa volta ao Parque da Bela Vista nos dias 25, 26 de maio e 1, 2 e 3 de junho de 2012 e até ao momento estão confirmadas as presenças de Metallica, Evanescence, Mastodon e Sepultura com os Tambours du Bronx no dia 25 de maio; Smashing Pumpkins, Linkin Park, The Offspring e Limp Bizkit no dia 26 de maio; Lenny Kravitz, Maroon 5, Ivete Sangalo e Expensive Soul no dia 1 de junho; e Bruce Springsteen, Xutos & Pontapés e James no dia 3 de junho.
 
 
Publicado em Rock in Rio
Aclamado como o melhor concerto do Rock in Rio 2013, no Brasil, Justin Timberlake subirá novamente ao Palco Mundo em 2014, na edição portuguesa do maior evento de música e entretenimento do mundo. O cantor pop norte-americano será cabeça de cartaz da noite de 1 de junho do Rock in Rio-Lisboa.
 
Esta é a primeira vez que Justin Timberlake vem a Portugal. A tournée europeia "The 20/20 Experience", que começa no próximo mês de março, tem previstos concertos em cidades como Londres, Berlim, Paris, Estocolmo, entre outras.  
 
"Tivemos no Rio a apresentação de um showman, que não se intimidou diante de uma plateia de 85 mil pessoas. A apresentação de Justin Timberlake foi muito empolgante e transformou a Cidade do Rock numa grande pista de dança. É este mesmo espírito que queremos levar para o Rock in Rio-Lisboa", refere Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio.
 
Depois de dominar os tops de música, durante o ano de 2013, com The 20/20 Experience e The 20/20 Experience - 2 of 2, lançado recentemente, Timberlake traz agora o seu impressionante espetáculo ao vivo, aos seus fãs de todo o mundo.  
 
The 20/20 Experience tem sido muito bem recebido pela critica, sendo já o álbum mais vendido do ano, com mais de 4 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. Este álbum garantiu a Timberlake o melhor lançamento de um artista masculino, nos últimos cinco anos, assim como o maior lançamento digital, na história americana. O álbum já é Platina, em três outros países e Ouro em nove. 
 
O Rock in Rio-Lisboa 2014 realiza-se nos dias 23, 25, 30 e 31 de maio e 1 de junho, no Parque da Bela Vista. A organização anunciou que os bilhetes para a edição do próximo ano vão manter-se inalterados, no valor diário de 61€.
 
Publicado em Rock in Rio
DJay Rich e António Mendes são os DJs oficiais da emissora portuguesa RFM e residentes do festival RFM SOMNII. Quer a nível individual ou em dupla, jápercorreram muitos dos palcos nacionais mas agora são artistas indispensáveis de se ter no line-up de um festival. Detentores de uma energia única e contagiante, unem-se, ajudam, apoiam e incentivam os jovens talentos da música eletrónica e essa atitude éde louvar. O Portal 100% DJ esteve àconversa com a dupla portuguesa nos bastidores do Music Valley, momentos antes de subirem ao palco do Rock in Rio Lisboa.
 
Estrearam-se no Rock In Rio. Qual é a sensação desta primeira vez no festival?
Mendes: A sensação é óptima. Já tínhamos noção da dimensão do festival por causa da relação que temos através da RFM com o Rock in Rio, mas ter o nome no cartaz está a ter um feedback muito espetacular. As pessoas estão a dizer que é um outro nível. E isso é muito bom. 
 
Contam um verão preenchido: Rock in Rio, RFM Somnii, Algarve... O que é que o público pode esperar de vocês?
Mendes: Além desses locais, ainda vamos estar no RFM Beach Power na Madeira, nos Açores... 
 
Rich: Podem esperar o mesmo de sempre: muita alegria nos sets. Gostamos de tocar aquilo que apreciamos mesmo. Tentamos fazer sets diferentes, principalmente no RFM Somnii onde tocámos três noites, pois somos residentes do festival. Este ano levámos dois convidados, para fazer algo diferente: o Pete Tha Zouk e o Pedro Cazanova. São pessoas com quem lidamos e trabalhamos há muitos anos, portanto fazia todo o sentido convidá-los.
 
Como está a ser a aceitação da vossa nova música com o Michael Teixeira?
Rich: A música é muito boa. Tem um hook muito forte e muito fácil e nós tocámos o remix no Rock in Rio pela primeira. Ainda está um pouco em segredo, mas já temos alguns DJs internacionais interessados em fazer remixes. Estamos muito satisfeitos com o resultado final e ter um contacto como o Michael que, para além de ser um excelente produtor, está nos Estados Unidos da América e dá-nos a vantagem de termos vozes norte-americanas. Essa é uma das nossas preocupações quando lançamos um tema cantado em inglês, porque quando temos alguém cá a cantar inglês, temos de estar sempre a mandar corrigir as letras lá fora para ver se existe alguma coisa que não faça sentido. Assim, manda-se a ideia, trabalha-se a ideia, discutimos, faz-se um rascunho e fica perfeito. 
 
Cláudio.Photos
 
No vosso radioshow dão algum destaque a novos talentos. Como é que encaram a nova geração da música eletrónica em Portugal?
Mendes: Essa tem sido sempre uma preocupação nossa: dar espaço a novos talentos. Mesmo no recente concurso que fizemos para o RFM Somnii, tivemos muitas participações e a dificuldade foi mesmo escolher e chegar ao lote de 10 finalistas. Apareceram-nos faixas muito bem produzidas nos vários sub-géneros da música eletrónica, o que é sempre bom. Diria que há muito bom talento em Portugal nesta área. 
 
Rich: Na área da produção, vemos chegar músicas brutais. As pessoas que participam pensam muita coisa. Houve DJs conhecidos a concorrerem ao concurso e não passaram. Nós não os escolhemos porque quisemos ser fiéis à nossa opinião e as pessoas têm que aceitar que nós fomos o júri. Foi a nossa opinião e foram as músicas que nós mais gostámos, independentemente de haver muito boa produção. Foram 267 participações e quando começámos a reduzir chegámos às 150 e ficámos sem saber o que fazer. Eram 150 artistas que nós gostávamos de meter numa página a votação. Tínhamos de escolher 10 e foi a nossa opinião em termos de gosto e foi isso que prevaleceu. Já fizemos algo semelhante, não tão absorvida como esta, para o disco do RFM Somnii e lançámos um desafio o mais transparente possível. Também escolhemos sete produtores, eram para ser cinco mas não conseguimos e abrimos exceção. Foram sete artistas para o disco e a votação nessa altura foi através de downloads do iTunes. A escolha foi completamente transparente como foi no site, desta última vez. Quem ganhou foi quem conseguiu mais votos, independentemente daquilo que conseguisse fazer. É sempre complicado não conseguir, mas o importante é participar e há que respeitar a decisão das pessoas. 
 
Mendes: O importante é os participantes acreditarem em si próprios, não desistir. Frustrações e coisas que correm mal, toda a gente tem. Se acreditas, continua a acreditar. 
 
Querem dar alguns exemplos de novos talentos que estejam debaixo de olho?
Mendes: Ao dizer nomes não ia ser politicamente correto. Se destacar um ou dois nomes, vamos sempre correr o risco de deixar alguém de fora. É um pouco difícil. 
 
Rich: Nessa perspetiva, nós já trabalhámos com jovens produtores. O ano passado no RFM Somnii levámos dois produtores novos para cima do palco. Acho que isso é um incentivo magnífico para eles. Foram o Batista e o Khamix. É muito importante para estes artistas tentar trabalhar com alguém que já tenha nome no mercado e que tenha ferramentas e meios para divulgar o trabalho. Não conseguimos dar a todos mas não somos aqueles produtores que dizem: “Não vamos fazer música com produtores desconhecidos”… Não, nós adoramos a nova produção, ‘fazemos bandeira’ no RFM Somnii Radioshow e queremos divulgar novos talentos e incentivá-los. As oportunidades surgem. As coisas não caem do céu. É trabalho, é sorte, são oportunidades que temos de agarrar. Temos de estar dispostos a muita coisa para que isso aconteça. Às vezes há muitos destes jovens que pensam que, por exemplo, o Martin Garrix que fez uma música e foi um sucesso, que vai ser igual. Mas, outro exemplo, o Avicii foi o produtor que durante muito tempo ninguém lhe ligava nenhuma. O próprio Bob Sinclar ou o David Guetta que em 2004 esteve no Porto e ninguém se lembra disso. Quando ele rebentou, foi a loucura. Ele não caiu do céu. Se as pessoas olharem, há, de facto, jovens talentos que começam logo e há outros que só começam a aparecer mais tarde. 
 
Que novidades podem revelar sobre o futuro da vossa carreira?
Mendes: Estamos a preparar mais umas músicas. 
 
Rich: Nós levamos isto muito na boa. Já não estamos cá há dois dias. Porque os nossos objetivos profissionais foram outros, apesar de que esta sempre foi uma carreira que ficou sempre. Nunca tivemos o objetivo de ser vedetas. Gostamos disto e levamos a nossa carreira de uma forma muito descontraída. A prova disso é que nós somos muito pouco ‘facebookianos’. 
 
Que mensagem gostariam de deixar aos leitores e seguidores do Portal 100% DJ que estão a ler esta entrevista?
Rich: Sigam os nossos conselhos.
Mendes: E, sobretudo, divirtam-se!
 
 
Publicado em Entrevistas
Pág. 10 de 15
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.