22-07-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

O famoso sofá do Red Bull Music Academy vai chegar à capital de Portugal, integrado no evento Lisboa Eletrónica, no Teatro Capitólio, nos dias 4 e 5 de abril, com várias palestras relacionadas com música.
 
Ao todo são quatro conversas com a presença de Carlos Maria Trindade (Madredeus e Heróis do Mar), Mike Grinser (dos estúdios Dubplates and Mastering), Serge (DJ holandês fundador da Clone Records) e ainda o DJ e produtor Rui Vargas.
 
Além do público ter a oportunidade de assistir a estas palestras, unicamente feitas em inglês, os presentes poderão ainda participar com perguntas e comentários. Os bilhetes já estão à venda no site oficial do evento.
 
Publicado em Eventos
quarta, 27 junho 2012 18:33

Optimus Alive: RTP é televisão oficial

A RTP é este ano a televisão oficial do "maior evento de música e arte". Nesta sua 6ª edição, o festival Optimus Alive vai contar com um total de 88 horas e meia de música às quais a estação televisiva será responsável por apresentar várias coberturas em direto, além de acompanhar online o decorrer de todo o festival.

Para este ano, o evento tem data marcada para 13,14 e 15 de julho, mais uma vez no Passeio Marítimo de Algés. Até ao momento estão 60 artistas confirmados, destaque para os Radiohead, The Cure e Stone Roses.

O Optimus Alive surgiu há seis anos com uma definição bem diferente do que era até à data característico de um evento musical, aliando a música à responsabilidade ambiental, à ciência e à arte.

Este é ainda o único festival em Portugal que figura na lista dos Melhores Festivais Europeus, elaborada pelo New Musical Express.
Publicado em Marcas
Pelo Ultra Music Festival, há fãs capazes de tudo. Sim, tudo mesmo! Cortam o cabelo com o logotipo do evento, fazem tatuagens, cozinham bolos, criam pinturas, fazem esculturas com areia da praia, entre muitas outras coisas que destacam e tornam a marca UMF, mais atrativa aos olhos de quem ainda não é fã do evento.
 
Um casal de namorados, levou ao extremo o conceito de 'fã', e diante de milhares de pessoas, casaram-se em pleno UMF. Isso mesmo. Um casamento com pompa e circunstância, com direito a beijo e ao mítico lançamento do ramo.
 
O momento foi captado para a posterioridade por várias pessoas que se encontravam no local e foi sem dúvida um casamento abençoado pela música.
 
E tu, o que eras capaz de fazer no Ultra Music Festival?
 
 
 
Publicado em Ultra Music Festival
No dia em que foram divulgados os vencedores do casting para protagonistas da campanha de televisão e de rádio do Rock in Rio Portugal (Nuno e Inês), a vice-presidente do evento, Roberta Medina, evidenciou, em entrevista ao Diário Económico, novos projectos da marca para Portugal.

“O objectivo é fazer do Rock in Rio a maior marca de música do mundo e música não quer dizer festival. Estamos a trabalhar para ter mais países, queremos três países por ano. Depois queremos entrar no lifestyle. No site do Brasil já temos uma rádio que pode até ganhar uma proporção maior. Uma televisão com conteúdos de música…”, refere Roberta Medina, acrescentando que a ideia é ser global.

Por isso, Portugal vai também passar a contar com uma rádio Rock in Rio.
Porém, Medina citou ainda: “não sei se tocará a mesma música em todo o lado mas como marca será única”.
Publicado em Rock in Rio
Um pouco por toda a Europa, a época de festivais está ao rubro e a Holanda – em concreto a cidade de Haarlemmermeer - não é exceção, já que este fim-de-semana vai receber uma nova edição do Mysteryland, um dos maiores festivais de música eletrónica a nível internacional, e que desde 1993 é produzido pela gigante produtora ID&T. Este ano o palco do festival holandês será ocupado por nomes como Don Diablo, Afrojack, Diplo e muitos outros.
 
Este festival já esteve presente em outros países, como os Estados Unidos da América e o Chile, depois de mais de 20 edições na Holanda.
 
Quando é realizado um grande evento internacional de música eletrónica, é certo que no meio da multidão vão estar presentes festivaleiros portugueses. Como já vem sendo hábito nas reportagens sobre os principais festivais eletrónicos, o Portal 100% DJ falou em exclusivo com alguns festivaleiros que vão embarcar na aventura do Mysteryland, representando desta forma o nosso país.
 
João Pedro Vicente tem 49 anos e viaja para Haarlemmermeer com o intuito de “ouvir boa música e desfrutar simplesmente do ambiente.” Depois de três anos a marcar presença no Festival Tomorrowland, o festivaleiro de Agualva decidiu este ano conhecer outros dois festivais, e depois de procurar por alternativas ao festival belga, optou pelo Electric Love e pelo Mysteryland.  
 
João Pedro pretende ficar na fila da frente do famoso palco QDance onde, e como habitualmente, o hardstyle estará em grande destaque. 
 
“Portugal merece mesmo um festival deste género, mas suspeito que ainda podemos não estar preparados para isto. A verdade é que a média de idades nestes festivais (no estrangeiro) é muito mais alta que em Portugal. Penso que o ambiente não é o mesmo” refere o festivaleiro. 
 
 
Com as expectativas “muito altas” e a representar o sexo forte, estará Mariana Malcato, que parte de Lisboa com destino ao Mysteryland, acreditando que o evento “vai ser único e que não irá desiludir”. Para Mariana, todos os pormenores contam “desde a organização, o recinto, a decoração, os palcos, as pessoas e claro, a música”.
 
Depois de ir ao Tomorrowland durante dois anos consecutivos (2014 e 2015), Mariana reconheceu que “estava na altura de experimentar um festival novo”, e o facto do Mysteryland poder ser considerado o ‘pai’ do Tomorrowland “teve o seu peso na escolha. E ainda, a música, o espírito único e extravagante também foram fatores importantes” remata.
 
Martin Garrix é o artista que mais quer ver, no entanto, a festivaleira também está curiosa para assistir à atuação de “Laidback Luke e rever Coone e Brennan heart - dois artistas que há um ano atrás não conhecia mas que me surpreenderam muito.”
 
Mariana considera que "Portugal tem os requisitos necessários para receber um grande festival (clima, espaço, infraestruturas), e até fazemos muitos”, no entanto e na sua opinião “o que falta é o espírito festivaleiro e o verdadeiro gosto pelo estilo de música que em nada iguala os holandeses.”
 
 
Habituado a estas andanças e natural de Sintra, João Santos não esconde as suas expectativas “muito altas”. O festivaleiro refere mesmo que “na Holanda não se brinca e vindo dos mesmos produtores do Tomorrowland espero algo muito bom, mais pequeno mas cheio de qualidade.”
 
A decisão de viajar até ao festival de música eletrónica mais antigo da Europa não foi fácil e teve de escolher entre duas opções. “Depois de ter ido ao Ultra Miami, em março, ficou mais difícil fazer contas, quer aos dias de férias, quer ao dinheiro necessário... Com a hipótese do Tomorrowland e Electric Love afastados devido ao trabalho, rapidamente fiquei com a opção do Mysteryland ou do Creamfields - optei pela primeira! De entre vários motivos que pesaram na decisão, destaco o cartaz variado e não muito saturado (que nem sempre é bom) e o preço acessível, assim como o fator idade.”
 
Sobre os artistas que mais quer ver, o português de 23 anos, sublinha “Brennan Heart, Coone e Wildstylez, sem esquecer o grande Dave Clark”.
 
Sobre se o nosso país merece um festival do género, João Santos considera que há muita coisa a mudar antes disso acontecer. “Merece, mas não para já. Não enquanto o nosso público não souber estar nem respeitar um festival. Muita coisa tem de mudar. É pena porque considero que temos tudo, mas mesmo tudo para poder apostar numa coisa em grande. Para já, penso que não resultaria.”
 
 
 
Publicado em Reportagens
quarta, 26 maio 2010 19:04

Novo festival (no) Alentejo

A Turismo Alentejo, a Câmara Municipal de Évora e a Produtora On Stage, apresentaram ontem em Évora, o Festival Alentejo 2010.
Trata-se do primeiro evento musical do interior alentejano a ser produzido na região.

O Festival Alentejo vai decorrer entre 30 de Julho e 1 de Agosto na Zona Industrial de Évora. A Organização do Festival, prevê um investimento que ronda os 400 mil euros.
Segundo o representante da empresa, José Serra, o cartaz já está 'fechado a mais de 80 por cento, mas por questões de estratégia de comunicação' a organização só revela para já a presença da banda alemã Alfaville e a dupla Swing Out Sister no sábado dia 31 de Julho.
Publicado em Festivais
A agência Pepper foi a escolhida para levar a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa à edição deste ano do Rock in Rio. Esta é a primeira vez que a instituição participa num festival deste tipo, sob o lema "Por tua causa", em que vai ficar encarregue de acompanhar os festivaleiros da entrada até à saída do evento.

Em representação de todas as instituições da Santa Casa da Misericórdia, a ativação vai ter como pontos principais o stand central, a aposta nos valores nacionais presentes no palco Sunset e na nova montanha russa Jet Star.

A pensar na folia do público, a Santa Casa vai também marcar presença com um rastreio de alcoolemia. Outra iniciativa é a raspadinha Rock in Rio, uma aposta habitual, mas agora com a presença da Santa Casa.

A Pepper vai ter ainda a seu cargo diversas animações durante todo o festival, nos intervalos dos concertos e na zona VIP.
 
Publicado em Rock in Rio
O Electric Daisy Carnival comemora 20 anos e, como é óbvio, há festivaleiros portugueses presentes em Las Vegas preparados para a festa de aniversário do evento que vai decorrer entre os dias 17 e 19 de junho.
 
Este ano, o cartaz conta com a presença de Julian Jordan, Doctor P, Andy C, Richie Hawtin, Loco Dice, Eric Prydz, Kaskade, Deorro, Martin Garrix, Armin van Buuren e muitos mais, que animarão os três dias de festival.
 
A organização do EDC Las Vegas, vai disponibilizar um livestream, através das páginas oficiais de Facebook e de Youtube do festival, onde vais poder acompanhar as atuações dos teus artistas preferidos.
 
O festival EDC já passou por outros locais dos Estados Unidos da América e também por países como o Reino Unido, Brasil e Japão.
 

ESPÍRITO DE AVENTURA E BOA PREPARAÇÃO FÍSICA E MONETÁRIA SÃO INGREDIENTES NECESSÁRIOS

 
Cristina Lima, de 32 anos, vai para Las Vegas diretamente da cidade do Porto. Já experiente em festivais deste género, a portuguesa está ansiosa pelo mainstage, uma vez que “de acordo com o anunciado, será maior do que o habitual” e também pelo espetáculo de pirotecnia. “Tenho expectativas elevadas, pois ao contrário de muitos festivais, é um evento que dura até às 05h30 da madrugada”, revelou em exclusivo ao Portal 100% DJ.
 
A portuense, já assistiu às atuações de quase todos os artistas do Top 100 da revista DJ Mag, no entanto, “há sempre clássicos a não perder como o Tiesto. Nesta edição estará o Armin Van Buuren a apresentar-se como Gaia (State Of Trance) no Circuit Stage e ainda Ferry Corsten e Astrix. No techno, sem dúvida não perder Pan-Pot no Neon Garden Stage”.
 
A escolha deste evento não foi feita em vão, uma vez que o mesmo está presente no Top 5 dos melhores festivais do mundo e “o facto de decorrer a EDC Week, onde há inúmeras festas pelos vários hotéis e clubs da cidade. Existem muitos EDC, mas o berço é Las Vegas e os 20 anos do festival são este ano!”, confessou Cristina Lima.
 
Para quem pretende ir ao EDC Las Vegas, a portuense aconselha a “fazer um planeamento bastante rigoroso e ir comprando a viagem, hotel e complementos no decorrer do ano, para não ser tudo na mesma altura. Este festival é bastante mais caro do que o Ultra Music Festival de Miami ou o Tomorrowland”.
 
“Sendo realizado em pleno deserto de Nevada, este festival tem de tudo o que é diferente em relação a outros mundialmente conhecidos, desde logo a realização de casamentos e como o próprio nome diz, aliando à festa o próprio carnaval”, são os destaques do festival para Filipe Pereira, de 28 anos, residente em Oliveira de Azeméis.
 
O português afirmou em exclusivo ao Portal 100% DJ que não quer perder a atuação de Gaia, Armin Van Buuren, Above & Beyond e “outros fantásticos DJs”. Na sua opinião, o EDC Las Vegas é “um dos melhores festivais do mundo de electronic dance music, ao lado do Tomorrowland ou Ultra Music Festival”, onde também já esteve presente. Para quem quer concretizar o sonho de vir até este festival, Filipe aconselha “uma carteira bem recheada”.
 
Linda Pinto tem 27 anos e também é natural de Oliveira de Azeméis. Para si, o EDC Las Vegas é “um festival de grande dimensões, com a particularidade de ser realizado no deserto e dá um enorme destaque ao carnaval e à realização de casamentos”, revelou em exclusivo ao Portal 100% DJ.
 
Dash Berlin, Gaia, Aly & Fila e Above & Beyond são os artistas que não vai perder durante o festival, para onde vai com um “espírito aventureiro e amor à música eletrónica”, destacando também a “envolvência da cidade”.
 
Em modo de conselho para quem se quer dirigir no futuro ao EDC Las Vegas, Linda Pinto aconselha os festivaleiros a levarem consigo um “espírito de aventura e uma boa preparação, tanto a nível físico como a nível monetário”.

 

{youtube}rp7MoMuxaJQ{/youtube}

 

 
Publicado em Reportagens

 

A ilha de Obonjan, na Croácia, foi recentemente comprada pelo promotor responsável pela organização do Unknown Festival, para ser transformada num local de festa para os amantes da música eletrónica.
 
Este novo projeto está a ser trabalhado há três anos, em parceria com a Sound Channel, pretendendo levar centenas de artistas, chefs e filósofos para a ilha croata, tornando-a num destino único. O objetivo é juntar as artes e a música num paraíso.
 
Outras iniciativas como a promoção do bem estar, a vida sustentável e a gastronomia vão ser realizadas no futuro festival, que vai ter um alojamento “criativo”, segundo a organização.
 
 
Publicado em Festivais
segunda, 07 novembro 2016 22:59

Lisboa Dance Festival já tem confirmações

A segunda edição do Lisboa Dance Festival está a chegar e a organização acaba de divulgar as primeiras confirmações. Tokimonsta e Dekmantel Soundsystem são os primeiros nomes a constar no cartaz.
 
O evento, que decorre nos dias 10 e 11 de março do próximo ano, no LX Factory em Lisboa, contou no ano passado com a presença de 9 mil pessoas e o reconhecimento do Resident Advisor, que destacou o evento como “um novo conceito de festival de música”.
 
Este evento, além de diversas atuações, inclui ainda vários debates, seminários e uma área de market. Os primeiros bilhetes já estão disponíveis em edição limitada, a um preço de 25 euros para o passe de dois dias. 
 
{youtube}bLTkmf6PyV8{/youtube}
Publicado em Festivais
Pág. 1 de 12
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.