Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Mensal
27 de julho de 2019 marca a chegada do UNITE with Tomorrowland a Portugal que irá juntar-se a mais três países na celebração dos 15 anos do Tomorrowland.
 
O Porto foi a cidade escolhida para a realização deste evento sem fronteiras que liga via satélite a Bélgica e o resto do mundo através de uma conexão live do palco principal do Tomorrowland. Os efeitos especiais sincronizados com o espetáculo na Bélgica, combinados com o cenário típico do Tomorrowland e um line up de artistas de peso ao vivo faz do UNITE with Tomorrowland um espectáculo único que nos leva para outra dimensão.

Ao fabuloso line up de DJs, nacionais e internacionais que vão atuar ao vivo no palco do UNITE with Tomorrowland Portugal juntam-se os The Amicorum Spectaculum. Este grupo de entertainers cujo nome tem origem no mítico tema do Tomorrowland de 2017 está a preparar-se para embarcar numa viagem fantástica até aos horizontes místicos da Grécia, Malta, Portugal e Espanha

Mais que um evento local, Unite with Tomorrowland é um evento que permite que públicos em diferentes cidades da Europa estejam juntos, numa perfeita sincronização via satélite, numa mesma emoção, numa mesma realidade, no ambiente único que caracteriza 

O pré-registo está disponível no site do evento onde é possível reservar um lugar no UNITE with Tomorrowland Portugal até ao dia 15 de abril. Ao efectuar este registo aumentam as hipóteses de garantir a entrada no evento e o bilhete fica mais económico.
 

Para ler também: 



Criado em 2005 pelos irmãos Beers, Tomorrowland é o maior festival de música na Bélgica e acontece em Schorre, na cidade de Boom. Famoso pelo seu ambiente mágico, onde não faltam os efeitos especiais e as decorações temáticas anuais, a celebração dos 15 anos revisita um dos mais emblemáticos temas do festival: The Book of Wisdom: The Return, onde se juntam mais de 1.000 artistas e uma audiência estimada em 400.000 pessoas.
 
Em Portugal, o evento acontece no Parque Oriental da cidade do Porto, é co-produzido pela UAU e a PEV Entertainment em parceria com a Câmara Municipal do Porto.
 
 
Publicado em Tomorrowland
Dois anos depois sem música no palco, o festival Sound Waves regressa a Esmoriz para uma edição memorável com 35 artistas a compor o cartaz. Ao todo, serão 21 horas para dançar ao som de vários artistas consagrados como Ben Klock, Boston 168, Dave Clarke, Klangkuenstler, assim como os portugueses Carlos Manaça, Du/Art, Link98, Miss Sheila e Nuno Clam.
A poucos dias do arranque da 15.ª edição, tomámos o pulso a Wilson Neves e Bernardo Bernardes, responsáveis pela organização do evento, que se demonstraram entusiasmados com este novo regresso à normalidade e nos contaram algumas das novidades para este ano.
 
Dois anos depois, o Sound Waves está de volta. Como é o regressar depois de uma pandemia?
Wilson Neves: Após dois anos sem termos a oportunidade de organizar o Sound Waves, estamos bastante entusiasmados por voltar a fazer o que mais gostamos. Foram dois anos muito complicados para todos os agentes ligados ao setor dos eventos, dois anos que fizeram toda a mecânica da organização de um evento mudarem, mas estamos entusiasmados e muito positivos com o festival.
 
Nestes dois anos sem evento auscultaram os gostos/preferências do público?
Bernardo Bernardes: Dois anos de pandemia com lockdowns obrigatórios fizeram com que a indústria musical tivesse uma grande reviravolta, muitos hábitos foram mudados e sentimos que a música em geral e os gostos musicais também. Relativamente ao Sound Waves tentámos manter a nossa essência de festival underground mas fez-nos refletir e também adaptarmo-nos a toda esta mudança que sentimos nos dois anos de pandemia.

Foi fácil elaborar este cartaz de artistas?
Wilson Neves: Na elaboração do cartaz tentámos fazer uma mistura entre os artistas já reconhecidos no mundo underground e que o nosso público tem afeição, como é o caso do Ben Klock, Dave Clarke ou Planetary Assault Systems (Luke Slater), os artistas que estão em ascensão dentro do underground e da música eletrónica como é o caso da Stella Bossi, Klangkuenstler, SNTS ou Boston 168. Para finalizar, naturalmente temos também os nossos artistas nacionais que são grandes referências com é o caso do Carlos Manaça, Miss Sheila, Nuno Clam, DJ Link e Carol D'Souza, entre outros.
Nesta edição também optámos por apostar numa sonoridade diferente e pensámos que o Danni Gato seria o artista ideal para proporcionar um set único e especial de afro tech no início da tarde de sábado, 2 de julho.
 
Qual é a importância de haver uma lista de artistas portugueses?
Bernardo Bernardes: Para nós é fundamental darmos oportunidade aos artistas nacionais de demonstrarem o seu valor. No nosso país temos bastantes DJs e produtores com muito talento e o Sound Waves sendo um festival português tem como honra poder dar a oportunidade para que possam mostrar esse talento em frente a milhares de festivaleiros apaixonados pelo underground. 

O festival tem a dimensão desejada ou gostariam que fosse maior?
Wilson Neves: Atualmente o festival está pensado e organizado para a capacidade que tem. No entanto o objetivo é que haja um crescimento gradual que faça com que o Sound Waves seja reconhecido globalmente como sendo um festival de referência no género.
 

Que novidades podem os festivaleiros contar para este ano?
Bernardo Bernardes: Este ano teremos dois palcos, o Main Stage e o palco Circus. Este último terá maioritariamente artistas nacionais que estão em ascensão na cena underground nacional e que se estão a preparar para dar o outro salto. Dentro do recinto também teremos uma zona de restauração diversificada onde os nossos ravers poderão comer e descansar pois será um evento de 21 horas "non stop".

Existe alguma atuação em que as expectativas estejam muito altas? 
Wilson Neves: Nesta edição temos artistas muito interessantes e as expectativas são altas. Temos a Stella Bossi que é uma artista que está num crescimento exponencial e que acreditamos que será uma das “cerejas no topo do bolo”, temos também o misterioso SNTS com sonoridades mais hard, mas não nos podemos esquecer dos artistas que já fazem parte da história do undergorund que é o caso do Ben Klock, do Dave Clarke e do Luke Slater a apresentar-se com o seu live como Planetary Assault Systems.
 
A venda de bilhetes decorre como esperando?
Bernardo Bernardes: O festival tem tido uma afluência fantástica, não só em Portugal como além-fronteiras. Será o ano em que mais público estrangeiro se irá juntar à festa.
 
Nestes 15 anos de evento, há algum momento marcante que gostariam de destacar?
Wilson Neves: Não um apenas, mas vários... Todos os anos temos vindo a ter aquele momento que irá ficar no registo desta história, seja marcado pelos artistas convidados ou até mesmo pelo público que tem o bilhete desde a primeira edição até à de hoje. Há quem tenha tatuado no corpo “Sound Waves”, mas mesmo depois destes anos, este vai ter um gosto especial... Um gosto de liberdade e uma saudade gigantesca!
 
Para terminar, a pergunta proibida sobre o backstage: existe alguns pedidos extravagantes nos riders deste ano?
Bernardo Bernardes: Todos os anos há pedidos mais excêntricos, contudo este ano a extravagância não saltou barreiras, talvez por causa da pandemia, os artistas não pediram coisas de outros planetas, possivelmente porque estão agradecidos por voltarem a fazer aquilo que mais gostam. Isso sim é o mais desejado por eles, pelo público e por nós organização.
Publicado em Eventos
O festival MEO Sudoeste tem vindo a evoluir a cada ano que passa. A organização tem vindo a revelar algumas novidades para o recinto e para a área do campismo, com vários pormenores e iniciativas feitas a pensar unicamente nos festivaleiros.
 
A Herdade da Casa Branca está preparada para receber os seus primeiros visitantes já no próximo dia 1, até ao dia 9 de agosto, na Zambujeira do Mar. Na área do campismo, os famosos chuveiros da Axe vão ser duplicados e com direito a DJ e a cozinha e os lava loiças da Teka vão regressar com mais placas vitrocerâmicas e micro-ondas, para proporcionar uma experiência única às tribos do MEO Sudoeste.
 
Para um maior conforto no canal, a organização pavimentou as margens do mesmo. O palco com DJ que animava as tardes do canal em 2011 está de volta, com as Milaneza Partys, de 3 a 9 de agosto, entre as 16 e as 19 horas com o DJ No Expression.
 
Outra novidade para a edição deste ano é o LG Cool Spot, um novo espaço com várias máquinas de lavar e secar roupa, onde os festivaleiros podem colocar as peças de vestuário sujas em sacos próprios e identificados, com uma senha e uma pulseira. Para o tempo de espera passar mais rápido, a LG criou ainda uma zona lounge com mesas, carregadores de telemóveis, limonadas, sombras e ainda uma cabine de DJ para quem quiser dar música aos presentes. Todos os participantes nesta nova iniciativa da LG vão ganhar uma t-shirt e um vale de 20% de desconto na compra de um LG G4. Se partilharem fotografias nas redes sociais com a hashtag #LGLavaESeca, habilitam-se a ganhar uma máquina de lavar roupa da marca patrocinadora.
 
Para os adeptos de futebol, que não gostam de perder um minuto dos jogos, a organização do MEO Sudoeste confirmou através das redes sociais que vai transmitir a disputa entre o Sport Lisboa e Benfica e o Sporting Clube de Portugal no domingo, dia 9 de agosto às 20h45, no palco Moche Room.
 
Tal como aconteceu em edições anteriores, já está disponível para download a App MEO Sudoeste, para IOS, Android e Windows Phone, que dá acesso a conteúdos exclusivos.
 
Confere abaixo todos os artistas confirmados, com respetivos palcos e horários:
 
Canal Milaneza Party:
  • 3 a 9 de agosto – DJ No Expression (das 16h às 19h)
 
Palco Super Bock
  • 1 de agosto – Kiss Kiss Bang Bang (das 23h às 02h)
  • 2 de agosto – Krash! (das 23h às 02h)
  • 3 de agosto – Paulo Jorge (das 23h às 02h)
  • 4 de agosto (Noite Cidade) – Joana Perez e Rob Willow  (das 23h às 02h)
 
Palco Jogos Santa Casa:
  • 6 de agosto – Átoa (20h30) e Diogo Piçarra (22h20)
  • 7 de agosto – Carolina Deslandes (20h45) e Agir (21h50)
  • 8 de agosto – Alberto Índio (20h), João Só (21h05) e Mundo Segundo (22h25)
  • 9 de agosto – Tom Mash (19h), Sara Paço (20h) e Frankie Chavez (22h30)
 
Palco Moche Room:
  • 6 de agosto – Mundo Secreto (00h10), Jordy Dazz (02h15) e Juicy M (04h45)
  • 7 de agosto – Yannick Afroman (23h50), Blinders (02h30) e Julian Jordan (04h30)
  • 8 de agosto – Mike El Nite (00h), King Kong (00h45), Tribruto (01h), King Kong (01h45), Mundo Segundo & Sam The Kid (02h), King Kong (03h), DJ Ride (03h15), King Kong (04h30), DJ Oder (04h45)
  • 9 de agosto – NTS (00h35), TV Noise (02h20), DJ B3nd (04h25)
 
Palco MEO
  • 5 de agosto – Wolfpack (23h), Kura (00h10) e Dimitri Vegas & Like Mike (01h45)
  • 6 de agosto – Dengaz (20h), D.A.M.A. (21h20), C2C (22h45), Emeli Sandé (00h15) e Calvin HArris (02h)
  • 7 de agosto – DJ No Expression (19h15), Jimmy P (20h10), Clean Bandit (21h30), Carlão (22h50), Buraka Som Sistema (00h15) e W&W (02h)
  • 8 de agosto – Pérola (20h30), Regula (21h40), Anselmo Ralph (23h), Lil Jon (00h35) e Hardwell (02h)
  • 9 de agosto – Djeff Afrozila (19h10), Quentin Mosimann (20h25), Above & Beyond (21h40), Oliver Heldens (22h55), Showtek (00h25) e Steve Aoki (02h)
 
{youtube}9XUULxEcIEM{/youtube}
Publicado em Festivais
A Wide Future, projeto que pretende dar a conhecer e destacar os valores da dance scene nacional e internacional através de radioshows, comemora no próximo dia 14 de março o seu segundo aniversário, e para isso contará com um cartaz de luxo. Esta iniciativa pretende ainda dar espaço aos novos talentos da música eletrónica e evita entrar na área do big room.
 
Jay Hardway, Joey Dale, Jordy Dazz, Zinko, Simon de Jano B2B Madwill, Massivedrum, Polson, High Ground, Bass Rider, BassReaper, Tocadisco e Yang fazem parte do cartaz de aniversário, cujo stream vai acontecer nos dias 11 e 12 de março, a partir das 21 horas na página oficial do Mixlr da Wide Future.
 
O projeto Wide Future tem vindo a crescer com o podcast quinzenal intitulado de #WideFriday, que já contou com nomes como Deepblue, Dead Chaos, Karetus, Club Banditz, David Souza, Von Di Carlo, Standerwick e Frepz. A #WideFriday tem atualmente uma audiência estável, próxima dos seus ouvintes através de um chat e o podcast chegou várias vezes a ser Trending Topic no Twitter.

 

 

 

 
Publicado em Nightlife
sexta, 26 março 2010 17:14

Rock In Rio Lisboa fecha cartaz

A organização do Rock In Rio, acaba de confirmar a presença dos últimos nomes para o Palco Mundo – Amy Macdonald actua a 29 de Maio e os Soulfly no dia 30 de Maio.

Com estas confirmações fica fechado o line-up do Palco Mundo da quarta edição do Rock in Rio-Lisboa. À semelhança das outras edições, a organização preparou dias temáticos para agradar a diferentes gostos musicais. O dia 21 de Maio será dedicado aos fãs da música pop; a 22 de Maio irá celebrar-se o 25º aniversário que o Rock in Rio comemora este ano, com música que tem marcado várias gerações; o dia 27 de Maio é dedicado aos fãs do rock, o dia 29 destina-se à família e o dia 30 está reservado para os fãs de rock mais pesado.

Para Roberta Medina, Vice-Presidente do Rock in Rio “Estamos muito felizes por termos, mais uma vez, conseguido um cartaz bastante eclético que irá agradar a um grande número de pessoas e com vários artistas que vão actuar em Portugal pela primeira vez. O Rock in Rio é um evento para todas as idades e gostos por isso tentamos sempre fazer um cartaz variado, que agrade a todos.”

Amy Macdonald vem a Portugal apresentar “A Curious Thing”, o novo disco lançado este mês e recordar o seu primeiro trabalho que foi um grande sucesso de vendas. Com o lançamento do novo disco previsto para Maio, também os Soulfly trazem novidades para apresentar aos fãs.
Publicado em Rock in Rio
O cantor e compositor norte-americano Jason Derulo, conhecido por temas como "Want To Want Me", "In My Head”ou "Ridin’ Solo", é a mais recente confirmação do festival que foi reagendado para os dias 19, 20, 26 e 27 de junho do próximo ano, no Parque da Bela Vista, devido à pandemia. 

Em comunicado, a organização do Rock in Rio Lisboa confirmou ainda a presença no cartaz de 2021 de artistas que já tinham sido anunciados, como Post Malone, que atua dia 27 de junho, no mesmo dia da cantora brasileira Anitta e os portugueses HMB.

Também Duran Duran, A-Ha e Bush foram confirmados no cartaz de 2021 e atuam todos no dia 26, juntamente com a icónica banda Xutos & Pontapés. 

Para a 9.ª edição do Rock in Rio Lisboa estão ainda confirmados nomes como os Foo Fighters, The National e Liam Gallagher, que atuam a 19 de junho. 

Os bilhetes estão à venda no site oficial do festival ou nos locais habituais, anunciou a organização.
Publicado em Rock in Rio
Embora fosse uma partida para celebrar o primeiro de abril, vulgarmente conhecido por ser o dia das mentiras, a confirmação do artista português Toy, não caiu bem na comunidade do festival da RFM, que nas últimas semanas tem sido surpreendida com confirmações de artistas de outros géneros musicais que não os habitais, como é o caso de Tyga e do reggaeton porto-riquenho Ozuna.

"Como é dia 1 de Abril um gajo ainda se ri mas olhando bem para o cartaz ainda pensamos 2 vezes, se assim for... RIP Portugal", "Promotores da RFM estão a querer acabar com um festival que tinha tudo para ser dos melhores da Europa. Ninguém quer ir ver o Toy", "Estamos com muita piadinha este ano. Até no cartaz" e "Essa partida do Toy não é nada comparativamente a partida ou melhor dizendo realidade que tem vindo a ser o cartaz do Somnii deste ano", são alguns dos comentários que se podem ler na publicação que se esperava divertida, mas que acabou por ser um mural de observações negativas que continuaram numa outra publicação que dava conta de que a confirmação do artista Toy tinha sido uma simples partida.

O RFM Somnii regressa à Figueira da Foz nos próximos dias 5, 6 e 7 de julho e neste momento os ingressos - à venda nos locais habituais - custam entre 29,50 euros (o bilhete diário) e os 288 euros com campismo. O line-up até agora divulgado apresenta-se da seguinte forma:
 
5 de julho
Afrojack / Alesso / Fedde Le Grand / Radical Redemption / Vigel
 
6 de julho
DJ Snake / Ozuna / Netsky / Redfoo / Jay Hardway 
 
7 de julho
Don Diablo / Tyga / Jonas Blue
 
Publicado em Festivais
sábado, 02 junho 2012 19:04

Eletrónica Heineken 02.06.2012

ELETRÓNICA HEINEKEN 02.06.2012
 
Masters at Work (EUA)
Esta será a segunda vez que os Masters at Work vão atuar em Portugal. Após cerca de dez anos sem atuar, a dupla norte-americana aceitou o convite da organização do Rock in Rio 2011 para atuar no Rio de Janeiro e depois do espetáculo que proporcionaram ao público brasileiro, a organização decidiu convidá-los para atuarem em Portugal. Um grande momento a não perder. Ao longo da sua carreira os norte-americanos já remisturaram músicas de artistas como Michael Jackson, Madonna, Donna Summer, Janet Jackson, Jamiroquai, entre muitos outros.

The Martinez Brothers (EUA)
The Martinez Brothers são um caso de sucesso nos Estados Unidos da América. Têm atuado um pouco por todo o país levando a música house à sua legião de fãs. Atualmente são a cara da Blackberry no seu país de origem, sucedendo aos míticos U2. Apesar de bastante jovens, os norte-americanos já atuaram nas melhores festas de Los Angeles, Londres, Paris e Singapura, e vão atuar brevemente em Miami, São Paulo, Rio de Janeiro, Milão, Berlim, Tóquio, Amesterdão e claro, Lisboa. A dupla composta por Steve e Chris, com 21 e 18 anos respetivamente, são os mais recentes residentes do clube DC10, em Ibiza.

JohnWaynes (PT)
A dupla Johnwaynes iniciou o seu percurso em 2005 após um convite da banda Loto para trabalharem no tema “Celebrate”. Com atuações frequentes em toda a Europa, o estilo da sua música vai do acid-house ao house, passando pelo disco, o funk e o boogie. Quando atuam, mostram ao público tudo o que lhes vai na alma e os seus sets “não têm limites”.

Miguel Rendeiro (PT)
Mentor e criador de uma das maioesr beach parties da Europa, a Energie Azurara, o produtor/dj é um dos fundadores da Connect Music Agency e parceiro do inovador Anti-Pop Music Festival, agora consagrado como Neo Pop. O seu gosto eclético aliado à destreza técnica e uma inteligência sagaz já o recompensou com prémios, galardões e muitos convites para os melhores e maiores eventos nacionais e internacionais.

DJ Poppy (PT)
DJ Poppy é neste momento uma das mais carismáticas DJs nacionais, fazendo surgir nos outros uma súbita vontade em descobrir quem é afinal a DJ por detrás do projeto Poppy, ou quem é a Iolanda que é DJ e para quem tudo começou no Alcântara Mar. Em 2006 foi galardoada pela Dance Club e pela Maxmen, sendo posteriormente capa desta publicação. Já em 2004 tinha recebido dos Portugal Night Awards o galardão para DJ Revelação.
 
Publicado em Rock in Rio
A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo anuncia os artistas que completam o cartaz da Eletrónica Heineken.
Chase & Status Dj Set & Rage, Dr. Lektroluv, Tha Lovely Bastards e MC Johnny Def juntam-se ao cartaz já anunciado para o dia 25 de maio.
 
Pharrel Williams dos N*E*R*D classifica-os como “Os melhores produtores britânicos da atualidade” e Rihanna considerou-os como “A espinha dorsal do seu disco ‘Rated R’”, Chase & Status são uma das duplas mais entusiasmantes da cena eletrónica neste momento. A sua sonoridade imponente e portentosa irá agradar seguramente ao público que irá visitar a Cidade do Rock no dia 25 de maio.
 
Dr. Lektroluv é um dos nomes mais irreverentes que vai assumir a cabine da Eletrónica Heineken. O belga que é conhecido por tocar com uma máscara verde e misturar utilizando um telefone e não os convencionais headphones, vem pela primeira vez ao Rock in Rio para apresentar o seu electro contagiante. Dr. Lektroluv já atuou um pouco por todo mundo e enquanto residente das famosas festas “Body to Body” em Gent, Bélgica, recebeu nomes como Miss Kittin, Tiefschwarz, Ladytron, Digitalism, Who Made Who, Vitalic, The Hacker, entre muitos outros.
 
Nuno Lopes e Mad Mac voltam a atuar no Rock in Rio-Lisboa desta vez com o nome “Tha Lovely Bastards”. A dupla de Djs portuguesa é conhecida pelas suas perfomances explosivas e desde a sua passagem pelo Rock in Rio-Lisboa 2010 não têm tido descanso, atuando por todo o país.
 
MC Johhny Def será mais uma vez o anfitrião da Eletrónica Heineken. O MC irá animar o público e acompanhar as atuações dos Djs que vão passar pela cabine, proporcionando momentos de apoteose que servirão, seguramente, de inspiração para os artistas que irão atuar.
Ao longo da sua carreira o conceituado MC, que é reconhecido como exímio na colocação de voz em atuações ao vivo, já colaborou com nomes como Sam The Kid, Dealema, Boss AC, Melo
 
D, Johnwaynes, entre muitos outros, tendo sido nomeado em 2008 para melhor Live Act Nacional.
 
Está assim fechado o cartaz da Eletrónica Heineken, um espaço que vai reunir ao longo dos 5 dias de evento alguns dos melhores nomes do panorama mundial da música de dança e apresentar o que de melhor se está a fazer atualmente. 
 
O Rock in Rio-Lisboa volta ao Parque da Bela Vista nos dias 25, 26 de maio e 1, 2 e 3 de junho de 2012 e até ao momento estão confirmadas as presenças de Metallica, Evanescence, Mastodon e Sepultura com os Tambours du Bronx no dia 25 de maio; Smashing Pumpkins, Linkin Park, The Offspring e Limp Bizkit no dia 26 de maio; Lenny Kravitz, Maroon 5, Ivete Sangalo e Expensive Soul no dia 1 de junho; e Bruce Springsteen, Xutos & Pontapés e James no dia 3 de junho.
 
 
Publicado em Rock in Rio
O cartaz do RFM SOMNII – O Maior Sunset de Sempre, ficou hoje encerrado com a confirmação de Martin Solveig, Dannic, MAKJ, The Chainsmoker, Julian Calor, MOTI, Difee e António Mendes (DJ oficial da RFM).
 
O festival vai decorrer na Praia do Relógio, na Figueira da Foz, nos dias 11 e 12 de julho (sábado e domingo), das 15h00 às 01h00. Até ao momento, já estava confirmada a presença de Nicky Romero, Robin Schulz, Kura, Dubvision, Michael Calfan, DJay Rich e André Henriques (DJs oficiais da RFM).
 
Os primeiros artistas foram confirmados em conferência de imprensa, realizada no Sweet Atlantic Hotel & Spa, na Figueira da Foz, no final do mês de fevereiro, onde foram anunciadas várias novidades para a edição deste ano do RFM SOMNII.
 
Os bilhetes já estão à venda na Blueticket, Casino da Figueira e nos locais habituais, com preços a partir dos 9,5 euros, até ao dia 31 de maio. 
 
Publicado em Eventos
Pág. 1 de 3

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.